Modalidade: Oficina de formação
Destinatários DCP: 
Professores dos Grupos 230, 420, 500, 510, 520, 540, 550
Nº de horas: 50h

Change Makers – Dinamização de projetos científicos e tecnológicos em espaços maker

Muitas escolas têm vindo a apostar na aquisição de equipamento tecnológico, como kits de robótica e programação, impressoras 3D, estúdios de gravação, software de gaming educacional, entre outros, e procuram incentivar formas de integrar esta tecnologia num ensino que reflita as práticas pedagógicas mais recentes. Neste contexto, é especialmente adequado desenvolver projetos interdisciplinares no âmbito das práticas do mundo real, utilizando abordagens centradas no aluno que promovam a sua autonomia e desenvolvam as suas competências de investigação e colaboração. Esta ação de formação vem dar oportunidade aos professores de ciências e tecnologia desenvolverem e concretizarem projetos colaborativos, por exemplo em espaços Maker, utilizando abordagens centradas nos alunos e inclusivas. Esta oficina pode ser realizada no espaço maker do NUCLIO, ou em outros locais.

Objetivos

Esta ação de formação pretende promover junto dos professores de ciências e tecnologias proficiência no desenvolvimento de projetos cientifico-tecnológicos, utilizando abordagens centradas no aluno, práticas de inclusão, interdisciplinaridade e colaboração. Mais especificamente, os objetivos são:

  • Apoiar os professores no desenvolvimento de projetos em ambiente de Espaço Maker tendo em conta as abordagens e práticas centradas no aluno.
  • Promover o Inquiry (IBSE), o Design Thinking e o Open Schooling.
  • Fomentar práticas que promovam a inclusão, a utilização do Universal Design for Learning (UDL) e a interdisciplinaridade.
  • Incentivar práticas colaborativas e interdisciplinares entre professores.
  • Promover a partilha de experiências e a reflexão sobre as melhores práticas conseguidas na ação de formação.

Conteúdos da ação

  • Introdução ao Design Thinking e as vantagens da sua utilização na aprendizagem por projetos
  • Ensino de ciências centrado no aluno: o IBSE (Inquiry Based Science Education)
  • Espaços Maker – equipamentos e potencialidades
  • A interdisciplinaridade, a colaboração e a importância da abertura da escola à comunidade – Open Schooling
  • Desenvolvimento de projetos em ambientes de espaços Maker
  • Apresentação e discussão dos cenários implementados
  • Reflexão final dos principais temas da oficina e das boas práticas alcançadas